:. Cadastro de Noticias

 

Negociações ACT
VLI QUER TRANSPORTAR NOSSO
REAJUSTE SALARIAL PARA JANEIRO
sem imagem

A proposta da empresa é deixar o INPC de 2,94% da nossa da data-base no vinage e comrer noa diferenças salariais

Apesar de garantir a manutenção das cláusulas sociais e de benefícios do atual Acordo Coletivo de Trabalho, a VLI apresentou uma proposta econômica de reajustar os salários da categoria em 2,94% apenas em janeiro do próximo ano, tendo como base o INPC acumulado até a nossa data-base de 1º de setembro/2020. Na proposta patronal, os trabalhadores ficam prejudicados nas diferenças salariais dos meses de setembro a dezembro, inclusive sobre o 13º salário.

Em outros pontos econômicos, a empresa oferece o pagamento antecipado de 70% do 13º salário, para quem optar em recebê-lo no dia 30 de outubro próximo.

A proposta inicial de reajuste de 4% no tíquete alimentação foi elevada para 6%, o que representaria o valor de R$ 600,00, em 12 créditos anuais. Com esta proposta de aplicar um reajuste maior no “alimentação”, o tíquete refeição permaneceria com o mesmo valor de R$ 26,70 (22 tiquetes mensais).

Ainda na proposta econômica, a empresa, propôs a elevação da diária operacional para o valor de R$ 67,50.

A empresa, que começou as negociações afirmando sua intenção de passar a negociar a PLR através de uma comissão, cedeu à nossa reação e manteve as negociações através dos sindicatos.

Afirmamos à empresa que o Sindicato NÃO há a mínima condição da defesa de um reajuste nos salários e benefícios abaixo do índice acumulado de inflação já na data-base de 1º de setembro, lembrando que os trabalhadores estão sendo duramente sacrificados pela elevação de preços, sobretudo nos itens da cesta básica de alimentos.

A empresa já agendou nova reunião de negociações para o dia 29, próxima terça-feira, quando esperamos sua sensibilidade para limpar medidas de arrocho sobre os trabalhadores em sua proposta

          

[+] Veja mais noticias              Voltar para página inicial