:. Cadastro de Noticias

 

Participação nos lucros
A PLR PAGA PELA VALE
FOI UMA CONQUISTA DOS TRABALHADORES
sem imagem

Como o Sindicato vinha afirmando a Participação nos Lucros e Resultadoas (PLR) relativa ao ano de 2018 caminhava para receber mais um valor recorde, que se aproximaria do teto de sete salários. Os resultados operacionais e financeiros dos três primeiros trimestre de 2018 já apontavam para mais esta vitória dos trabalhadores antes mesmo do fechamento do balanço anual com os números finais do quarto trimestre.

A Vale deverá divulgar seus números finais do Balanço 2018 ainda neste mês de março, mas os trabalhadores já puderam comemorar o pagamento da PLR de maior valor pago no País por uma empresa privada.

DESEMPENHO DA CATEGORIA

O número médio da PLR de 6,88 salários é resultado do grande empenho dos trabalhadores para atingir as metas de produção definidas pela empresa para o ano passado. No “Corredor Norte”, de um painel de metas de 1,0, com uma meta de 0,50, no mínimo e 1,50, no máximo, os trabalhadores atingiram 1,48, o que mostra grau de responsabilidade e compromisso dos operários com a empresa.

No valor de PLR pago foi deduzido um valor nominal de 50% do salário adiantado em 2016, lembrando que após os reajuste salariais este valor caiu a cerca de 35 a 40% do valor histórico adiantado.

Outro ponto importante, os recordes de pagamento da PLR em 2018 e 2019 são resultado de mudanças importantes realizadas nas negociações do STEFEM e demais sindicatos com a Vale, para impedir que tenhamos o direito zerado, como aconteceu por causa dos resultados de 2015. As mudanças surtiram efeito, para que tivéssemos uma aferição mais justa para pagamento aos trabalhadores.

          

[+] Veja mais noticias              Voltar para página inicial