:. Cadastro de Noticias

 

Açailândia
Sindicato discute pendências dos Acordos com a Vale e VLI
sem imagem

Em reunião com a Vale, em Açailândia, e com a VLI, em Imperatriz, para acompanhamento de pendências do Acordo Coletivo e reivindicações da categoria. Reproduzimos abaixo, os vários pontos discutidos nestas reuniões.

O sindicato questiona sobre a cláusula 39ª parágrafo 4º acordo coletivo que prevê um limite para a compensação de horas de acordo com a jornada de trabalho do empregado e alega que os gestores estão colocando os empregados para compensar horas acima do limite previsto.

A empresa informa que atualmente existem 2 cláusulas que tratam de compensação de horas, mas que ainda respeita a prática prevista na clausula citada, mesmo assim irá avaliar como está a prática e dará o retorno em um prazo de 15 dias.

A empresa entende que em virtude da cláusula 39ª no acordo coletivo sobre “Banco de horas” a prática de compensações não é mais obrigatória, podendo ultrapassar o limite de 16 horas, podendo o trabalhador solicitar compensações por períodos maiores, utilizando as regras do Banco de horas. Apesar deste, a empresa utiliza a limitação de horas prevista na referida cláusula, mas adotará a prática do banco de horas.

          

[+] Veja mais noticias              Voltar para página inicial