:. Cadastro de Noticias

 

POSTURA ANTI-SOCIAL
FTL ENROLA PARA DISCUTIR ACORDO COLETIVO, PASSANDO 5 MESES DA NOSSA DATA-BASE
sem imagem

Os trabalhadores na Ferrovia Transnordestina Logística (FTL) vêm sendo explorados e desrespeitados escandalosamente pela direção da empresa, que demonstra total insensibilidade em dar condições humanas de trabalho, mantendo os salários da categoria represados há mais de 17 meses, sem qualquer reajuste.

Pela terceira vez, depois de agendarem reunião com o STEFEM, a direção da FTL cancela o processo de negociações do Acordo Coletivo de Trabalho, já passando cinco meses da data-base, em maio de 2021.

Mantendo todo o processo de pandemia de Covid-19 com os salários defasados, a empresa ainda não apresentou nenhum sinal para renovar o Acordo Coletivo, levando as famílias a passarem extrema dificuldade, diante da evolução desesperadora dos preços, a começar pelos itens essenciais da cesta de alimentação, além de combustível, tarifas públicas, lembrando o aumento dos gastos necessários para nos proteger, já que nos foi imposta a obrigatoriedade do distanciamento social, o que fez crescer mais ainda o consumo familiar.

Apesar de marcarem para esta sexta-feira, 24 de setembro, o início de negociações já profundamente atrasadas, a FLT desmarcou a reunião, mantendo os trabalhadores em clima de ansiedade.

O STEFEM espera que a reunião de negociações do Acordo Coletivo seja realizada imediatamente, para que não sejamos obrigados apelar para uma intermediação da Superintendência Regional do Trabalho ou do Ministério Público do Trabalho, para que o diálogo seja aberto e garantidas as condições de trabalho para a categoria.

          

[+] Veja mais noticias              Voltar para página inicial