:. Cadastro de Noticias

 

Negociações
CATEGORIA AGUARDA ANSIOSA PROPOSTA ECONÔMICA DA VALE, A COMEÇAR POR VALORIZAR O PISO SALARIAL
sem imagem

Como informamos no último boletim, a Vale agendou a próxima reunião de negociação do Acordo Coletivo de Trabalho 2021 para o próximo dia 10 de novembro quarta-feira.

Os trabalhadores aguardam com muita ansiedade o que a empresa vem apresentar como sua última proposta.

Até então, rejeitamos na própria mesa de negociações todas as propostas apresentadas pela Vale, por não contemplarem as expectativas da pauta de reivindicações dos trabalhadores e, sobretudo, por intenções danosas da empresa sobre a categoria.

Conseguimos na evolução das negociações manter todos os direitos já conquistados, mas três pontos da proposta patronal nos trouxeram grande preocupação:

1- Rejeitamos uma proposta inicial de reajuste em 6% e, posteriormente, em 7% nos salários e cláusulas econômico-sociais e esperamos sua evolução;
2- A empresa queria, inicialmente, reduzir o adicional noturno de 65% para 45% e avançamos para que os trabalhadores não percam esta remuneração, que já faz parte de sua renda familiar;
3- A empresa afirmou ainda sua pretensão de não reajustar o piso salarial, ponto que não podemos aceitar de forma nenhuma.

Reajustar o piso salarial na empresa foi uma conquista importante nos últimos anos e não podemos tolerar um retrocesso. Reafirmamos nossa posição de não aceitar uma proposta econômica que represente grave prejuízo para os trabalhadores e exigimos que todos os salários, a começar do piso salarial, tenham um valor decente, para uma atividade reconhecidamente penosa. Não podemos admitir que o não reajuste do piso passe a representar o risco de provocar uma rotatividade danosa de contratações por trabalhadores de menores salários, criando um péssimo clima interno e quebra de isonomia com os demais companheiros. Seria nivelar salários por baixo, sem acompanhar a inflação, prejudicando justamente os mais penalizados socialmente.

Esperamos uma proposta dita “final” da Vale mais honrosa e respeitosa e que pratique entre nós uma política salarial de responsabilidade social.

          

[+] Veja mais noticias              Voltar para página inicial